Um país de muitas festividades

0

EM CADA REGIÃO, EM CADA ESTADO, O POVO BRASILEIRO TEM CULTURAS, TRADIÇÕES E COMEMORAÇÕES MUITO DISTINTAS. CONHEÇA UM POUCO DELAS.

O Maior Espetáculo da Terra! Esta pode ser considerada a melhor definição para o Carnaval carioca.

O Carnaval originou-se na Antiguidade e foi, depois, recuperado pelo Cristianismo, com a convenção de começar sempre no Dia de Reis e terminar na Quarta-Feira de Cinzas, às vésperas da Quaresma. Caracteriza-se por festas populares, dotadas de ritos e costumes pagãos, e pela liberdade de expressão e movimento.


No passado, equivalia ao entrudo – em latim, introis, que significa ‘entrada’. A origem de tudo é, pois, secular e religiosa. Hoje, o Carnaval é celebrado no mundo todo. Porém, no Brasil, e principalmente no Rio de Janeiro, ele ganhou proporções cinematográficas, nababescas, hiperlativas. É a festa das festas. Um grande rito de comemoração e extravasamento.

COMO SE FANTASIAR NO CARNAVAL

1) ESCOLA DE SAMBA

Se você vai desfilar em alguma escola de samba, deve adquirir a sua fantasia com antecedência, pelo site das agremiações.

2) BAILE À FANTASIA

Se a sua ideia é ir a algum grande baile à fantasia, como o tradicional Baile do Copa, no Hotel Copacabana Palace, ou o Baile da Vogue – importante festa da publicação -, capriche na produção e invista em detalhes, cabelos, maquiagens e acessórios.

3) BLOQUINHO DE RUA

Finalmente, nos bloquinhos de rua, você vai como quiser, mas, preferencialmente, com uma roupa leve e confortável. Abuse e use da maquiagem e da purpurina e, como item quase obrigatório, coloque alguma espécie de adorno na cabeça.

O desfile das escolas de samba do Rio sempre foi mais imponente, frequentado por muitas celebridades brasileiras e estrangeiras – neste ano, por exemplo, o diretor de cinema Tim Burton esteve no Rio e disse que “este desfile é como um filme que eu gostaria de ter feito”. No entanto, o desfile das escolas de samba de São Paulo também é importante. Desde que ganhou o Sambódromo do Anhembi (antigamente, o desfile ocorria em uma avenida do Centro da cidade), as escolas de samba paulistas passaram a incrementar os seus desfiles. Ajudou também o fato de Rio e São Paulo terem formado uma parceria que trouxe melhorias para os dois eventos.

PARCERIA SÃO PAULO/RIO DE JANEIRO

Grande parte desta evolução do evento paulistano deu-se graças à parceria com as Escolas de Samba do Rio de Janeiro. Tanto que os dois desfiles não disputam mais as mesmas datas: São Paulo desfila metade de suas agremiações na sexta-feira e a outra metade no sábado. Aí, folgam na segunda e o resultado da apuração ocorre na terça-feira.

Já no Rio, metade das escolas desfila no domingo e a outra metade na segunda. Folgam na terça e o resultado da apuração ocorre na quarta-feira de cinzas. Graças a esta combinação de datas, tanto os participantes – passistas, ritmistas, destaques, etc. – quanto os turistas que vêm assistir aos desfiles podem estar nos dois eventos! Grande parte dos times que organizam, ensaiam e desenvolvem os desfiles das escolas de São Paulo, são do Rio. E da mesma maneira, muitos paulistas vão ao Sambódromo carioca para reforçar e dar corpo às alas das escolas de samba de lá. Tudo junto e misturado, para duas grandes festas alucinantes aos olhos, aos ouvidos e ao coração.

Festas do Norte ao Sul

Mas o Brasil não se resume ao Carnaval. Em cada região, em cada Estado, há dezenas de festas interessantes. Na Amazônia, por exemplo, ocorre o Festival de Folclore de Parintins, também conhecido como Festa do Boi-Bumbá. Nele, há o combate de dois bois: um chamado de Garantido, representado pela cor vermelha, e o outro de Caprichoso, de cor azul. Cada boi faz uma apresentação por noite, onde cada equipe, com mais de três mil pessoas, é avaliada pela história que conta. No final, há uma premiação, que acontece no Bumbódromo. O Festival de Parintins é considerado o maior espetáculo de ópera a céu aberto da América Latina e o maior de folclore no mundo.

Os Bonecos de Olinda, a maior atração do carnaval de Olinda (Pernambuco), são gigantescos bonecos feitos de papel machê, em estrutura de madeira e isopor. A tradição começou em 1919, depois que um padre belga contou a um jovem pernambucano sobre as tradições de algumas festas europeias. Inspirado nisso, ele confeccionou um boneco de 3.90m de altura chamado Zé Pereira. O Zé fez tanto sucesso que, dez anos depois, ganhou uma companheira, de nome Vitalina que, ainda hoje, se apresentam pelas ruas durante as festas carnavalescas, acompanhados por milhares de pessoas. Atualmente o número de bonecos ultrapassa os 100 e homenageiam personalidades nacionais e internacionais da história e dos esportes como Obama, Mandela, Pelé, entre outros. Existe uma exposição permanente dos bonecos na Embaixada de Pernambuco, no Recife Antigo.

O Círio de Nazaré, realizado em Belém do Pará desde 1793, é uma procissão católica para homenagear Nossa Senhora de Nazaré, um dos títulos dados à Maria, mãe de Jesus. A caminhada dura cerca de 9 horas, e começa na Catedral de Belém e vai até a Praça Santuário de Nazaré, onde a imagem da Virgem fica exposta por 15 dias, para os fiéis venerarem e fazerem seus pedidos. Anualmente, o Círio recebe cerca de dois milhões de romeiros e devotos de todo o Brasil.

A Festa Junina é comemorada no Brasil inteiro. A de Caruaru, Pernambuco, é considerada a maior do mundo. Destaca-se pelas bandeirinhas coloridas, balões, danças típicas, por rojões e foguetes, e, principalmente, pela culinária: amendoim, milho, coco, quentão, pé-de-moleque, batata doce etc.

Os foliões não param de dançar, pular, comemorar, paquerar e celebrar esta festa que é extremamente democrática: não há limites de idade, de gênero, de classe social, de raça, de nada! Todos participam juntos, com muita alegria e felicidade. Afinal, como dizem, “o ano começa logo depois”.

Ainda em Pernambuco, há o Maracatu, uma apresentação derivada de culturas afrodescendentes e ameríndias, nos quais grupos desfilam com duas alas: a dos percussionistas e a corte, com seu Rei, sua Rainha, sua Porta-estandarte e sua Dama do Paço, além de outras figuras. As mulheres e os caboclos de lança se vestem com saias rodadas e coloridas feitas de cetim. A indumentária deles chega a pesar 25 quilos e é composta, entre outras coisas, por uma manta com lantejoulas e um conjunt
o de sinos nas costas, chamados de Surrão. Além dos grupos de Maracatu de Pernambuco, há outros em todo o Brasil e no exterior. Na Inglaterra, existem cinco grupos, sendo dois em Londres: o Maracatu Estrela do Norte e o Maracatudo Mafuá.

No Maranhão, existe a famosa Bumba-Meu-Boi (ou Boi-Bumbá). Esta festa mistura tradições indígenas, europeias e negras. Seu enredo resgata o período da criação escravagista do gado e, por meio de teatro, dança, música e circo, os participantes encenam o rapto, a morte e a ressurreição do boi.

Mais ao centro do Brasil, em Goiás, temos as Cavalhadas, uma espécie de batalha medieval entre cristãos e mouros ibéricos, que reúne 24 cavaleiros, sendo 12 vermelhos (mouros) e 12 azuis (cristãos). A população que acompanha a passagem da Cavalhada com fantasias próprias é chamada de Os Mascarados.

A Festa do Divino comemora a descida do Espírito Santo sobre os apóstolos e ocorre em todo o país. Uma de suas versões mais importantes é celebrada em São Luís do Paraitinga, no interior de São Paulo. É celebrada durante dez dias do mês de junho e atrai muitas pessoas em busca de bênçãos e para pagar suas promessas.

Em Ouro Preto, Minas Gerais, durante a Semana Santa, a paixão e a ressurreição de Cristo são lembradas com enormes tapetes feitos na rua com muita serragem colorida e uma procissão com crianças fantasiadas de anjo.

Em Vinhedo, cidade do interior de São Paulo, a tradicional Festa da Uva surgiu por volta de 1948, contando com mais de 55 edições realizadas. Entre as diversas atividades oferecidas estão: exposição e venda de frutas, leilão de frutas premiadas, artesanatos diversos, parque de diversões, shows, apresentações de dança, praça de alimentação, desfile de cavaleiros, passeio de motociclistas e muito mais.

O Brasil ainda tem outras grandes festas como a Festa do Peão de Barretos, no interior de São Paulo, a Lavagem da Escadaria do Bonfim, em Salvador (Bahia), e as festas alemães do Sul do País, conhecidas como Oktoberfest. Divirta-se!

Aqui está a lista com diversas festas que acontecem em todo o Brasil:

Festa Localidade Descrição Data
Festa de São Sebastião Brasil Celebrações religiosas, missas e procissões Janeiro
Festa do Bonfim Salvador, Bahia Evento de sincretismo religioso, lavagem da escadaria, missas e procissões Janeiro
Festa de Navegantes Porto Alegre, Rio Grande do Sul Evento com novenas, missas, procissões, shows e gastronomia Janeiro (final do mês)
Festa de Nossa Senhora dos Navegantes Salvador, Bahia; Itajaí, Blumenau, Santa Catarina; e Porto Alegre, Navegantes, Rio Grande do Sul Evento religioso, com procissões, novenas e missas de culto à imagem da protetora dos navegantes. Dura 12 dias, até 2 de fevereiro Janeiro (final do mês) até início de fevereiro
Festa da Uva Jundiaí, São Paulo Evento que exalta a colheita da uva, com festas, feira, apresentações e shows Janeiro (segunda quinzena)
Festa da Uva Ponta Grossa, Paraná Evento que exalta a colheita da uva, com feira, comercialização de produtos derivados e shows Janeiro (segunda quinzena)
Festa Nacional do Vinho (Fenavinho) Bento Gonçalves, Rio Grande do Sul Evento realizado a cada dois anos, com exposições, degustação de vinhos e uvas, shows Janeiro e fevereiro (anos ímpares)
Festa da Melancia Arroio dos Ratos, Rio Grande do Sul Evento dos produtores de melancia, com diversos shows e concurso de miss Fevereiro
Festa de Iemanjá Brasil Celebração do calendário afro-brasileiro, em homenagem à Iemanjá, divindade africana, deusa das águas Fevereiro (dia 2)
Festa da Uva Caxias do Sul, Paraná Evento que exalta a colheita da uva, com festas, feira, apresentações e shows Fevereiro/Março
Festa da Melancia Jatobá do Piauí, Piauí Evento de agricultores, com missa, competições esportivas e culturais, e shows Março
Festa do Boi Falô Campinas, São Paulo Festa gastronômica, com dança e shows de música de raiz Março
Festa da Pitomba Jaboatão dos Guararapes, Pernambuco Festa de cunho religioso e cultural, com apresentações, cortejos, palestras e shows Março/Abril
Fepimenta Turuçu, Rio Grande do Sul Festa de comemoração da colheita de pimenta Abril
Festa de Tradições da Ilha São Francisco do Sul, Santa Catarina Apresentações culturais, evento gastronômico e de artesanato Abril
Festa do Quiririm Taubaté, São Paulo Festa da comunidade italiana local Abril (final do mês)
Expokennedy Presidente Kennedy, Espírito Santo Rodeio Abril (primeira quinzena)
Festa de Nossa Senhora das Mercês São João Del Rei, Minas Gerais Tradicional celebração religiosa em honra da Nossa Senhora das Mercês Maio
Festa das Nações Vargem Grande do Sul, São Paulo Festa folclórica, cultural e de solidariedade Maio
Triunfo Eucarístico Ouro Preto, Minas Gerais Festa regional barroca e de cunho religioso Maio
Festa Nacional do Chimarrão Venâncio Aires, Rio Grande do Sul Festa dedicada à produção agrícola, com exposição, shows, teatro, competição de Motocross e concurso de miss Maio (dois fins de semana)
Festa Nacional do Milho Patos de Minas, Minas Gerais Grande feira agrícola, com parque de exposições, rodeio, evento gastronômico, leilões, shows, concurso de miss, atividades esportivas Maio (final do mês)
Festa Nacional do Pinhão Lages, Santa Catarina Festa temática, com shows nacionais e regionais, danças tradicionalistas e concurso de sapecada Maio (final do mês)
Festa de Santo Antônio de Barbalha/Festa do Pau da Bandeira Barbalha, Ceará Celebrações e formas de expressão (religiosas e culturais) de diferentes grupos locais Maio/Junho
Festa do Mastro Capela, Sergipe; e Pirenópolis, Goiás Procissão, marcha, corte da árvore e festa Junho
Forró Caju Aracaju, Sergipe Festa junina, com atividades culturais, e shows de música típica regional e com artistas consagrados nacionalmente Junho
Mossoró Cidade Junina Mossoró, Rio Grande do Norte Festa Junina Junho
São João Campina Grande, Paraíba Uma das maiores festas de São João do País Junho
Festa dos Caminhoneiros Itabaiana, Sergipe Festa com apresentações religiosas e shows musicais Junho (primeira quinzena)
Festa Junina/Folguedo/Quermesse Brasil Festas em homenagem a São João Junho/Julho
Festa do Ovo Bastos, São Paulo Evento de avicultores e agricultores da região, com palestras, exposições e shows, durante três dias Julho
Festa do Vinho Andradas, Minas Gerais; e Urussanga, Santa Catarina Desfile, shows, e ornamentações em homenagem à região produtora de vinho Julho
Festiqueijo Carlos Barbosa, Rio Grande do Sul Evento gastronômico, com exposição e degustação de queijos e vinhos, e shows Julho
Festa Aniversário do Padre Cícero Juazeiro, Ceará Evento religioso para celebrar o aniversário de Padre Cícero Julho
Romaria dos Cavaleiros de Santana Analândia, São Paulo Procissão religiosa em homenagem à Sant’Ana Julho
Festa da Polenta de Santa Olímpia Piracicaba, São Paulo Festa gastronômica, com apresentação de corais e danças folclóricas Julho (final do mês)
Festa do Peão de Tujuguaba Conchal, São Paulo Rodeio e shows Julho (final do mês) até início de agosto
Festa do Senhor Bom Jesus Tremembé, São Paulo Reunião de tropeiros e viajantes para missas e orações ao lado do santuário para homenagear o Senhor Bom Jesus Julho (final do mês) até início de agosto
Festa do São Pedro de Belém Belém, Paraíba Festa junina Julho (primeiro fim de semana)
Festa Nacional da Cenoura São Gotardo, Minas Gerais Festa promovida pelo setor agropecuário em homenagem à principal cultura do município Julho (segunda quinzena)
Festa Nacional do Boi no Rolete Marechal Cândido Rondon, Paraná Evento com duas feiras (Expomar e Expopecuária) da indústria, comércio, serviços dos setores agropecuários e do agronegócio Julho (segunda quinzena)
Festitália Blumenau, Santa Catarina Festival gastronômico e cultural dedicado à cultura italiana, com pratos típicos e apresentações de grupos folclóricos, cantores e conjuntos musicais Julho (segunda quinzena)
Festribal Juruti, Pará Festival de cultura indígena nativa da cidade, figurando entre as maiores manifestações culturais da Amazônia e é marcada pela tradicional disputa entre as tribos indígenas Mundurucu (vermelho e amarelo) e Muirapinima (vermelho e azul); tem shows também Julho (final do mês) até início de agosto
Festa Nacional do Kiwi Farroupilha, Rio Grande do Sul Promovida pela Câmara de Indústria, Comércio e Serviços da cidade, com exposições, gastronomia típica, atividades culturais e esportivas, e shows Julho e agosto
Festa de Santana Caicó, Rio Grande do Norte Programação religiosa e cultural Julho/Agosto
Congada do Terno de Sainha Irmãos Paiva Santo Antônio da Alegria, São Paulo Festa folclórico-religiosa de origem afro-brasileira, o grupo já possui mais de 100 anos de tradição. Agosto
Festa de Aparecida São Manuel, São Paulo Festa em louvor à N. Sra. Aparecida, com procissão e ritos religiosos Agosto
Festa de São Joaquim e São Roque Joaquim Egídio, São Paulo Celebração aos padroeiros, com missas e shows Agosto
Festa do Peão de Boiadeiro Barretos, São Paulo Maior e mais importante rodeio de peões, com rodeio, eventos paralelos e shows Agosto
Festa Nacional do Charque Candói, Paraná Rodeio country, cavalgada, exposições e shows Agosto (final do mês)
Nossa Senhora Achiropita São Paulo, São Paulo Festa em homenagem à padroeira dos italianos Agosto (nos finais de semana)
Auto da Liberdade Mossoró, Rio Grande do Norte Espetáculo em palco (às vezes, ao ar livre), que mistura teatro, música e dança Setembro
Festa de São Benedito Tietê, São Paulo Programação religiosa, procissão e atividades culturais Setembro
Festa do Sairé Santarém, Pará Procissões e manifestações folclóricas ritmadas pelo Carimbó Setembro
Festa Nacional da Costela União da Vitória, Paraná Festa gastronômica dos criadores de gado, com feira, exposição e shows Setembro
Semana Farroupilha Rio Grande do Sul Festa de tradições gaúchas que celebra a proclamação da república rio-grandense Setembro
Pomitafro Vila Pavão, Espirito Santo Evento cultural de exaltação às culturas pomerana, italiana e africana Setembro (final do mês)
Festa das Etnias Criciúma, Santa Catarina Evento de cultura, gastronomia e shows musicais Setembro (primeira quinzena)
Festa de Nossa Senhora do Rosário Aracati, Ceará Exaltação religiosa à padroeira da cidade, com missas, cânticos e novenas Setembro/Outubro
Fenarreco Brusque, Santa Catarina Festa Nacional do Marreco, evento gastronômico Outubro
Festa da Polenta Venda Nova do Imigrante, Espírito Santo Evento gastronômico, com escolha de miss, apresentações musicais e danças típicas Outubro
Festa da Primavera Curitiba, Paraná Evento com exposição de flores, bazares, artesanatos Outubro
Festa de Santa Teresinha Tietê, São Paulo Quermesse, gastronomia, shows e eventos religiosos Outubro
Festa do Rosário Ouro Preto, Minas Gerais Evento de mais de 300 anos da comunidade negra local, de culto religioso, com folclore e shows Outubro
OktoberFemorango Turuçu, Rio Grande do Sul Feira de cultura, artesanato, shows e venda de produtos derivados de morango Outubro
Oktoberfest Blumenau, Santa Catarina; Guaramiranga, Ceará; Missões, Rio Grande do Sul; Olinda e Recife, Prnambuco; Rolândia, Paraná; Santa Cruz do Sul; Rio Grande do Sul Tradicional festa típica alemã, dedicada à cerveja; com feira de eventos, produtos e cultura Outubro
Congada/Congado Minas Gerais, Goiás Folguedo folclórico que mescla cultos religiosos e tradições históricas do Congo Outubro (durante a festa para Nossa Senhora do Rosário)
Schützenfest – Festa do Tiro Blumenau, Santa Catarina Festival de cerveja típica alemã Novembro
Festa Nacional do Chope Escuro (München Fest) Ponta Grossa, Paraná Evento temático à bebida, com shows, concurso de rainha e desfiles de blocos Novembro (final do mês) até início de dezembro
Marejada Itajaí, Santa Catarina Evento de cultura, gastronomia e eventos musicais que culmina com a tradicional chegada dos veleiros da regata francesa Transat Jacques Vabre Novembro (primeira quinzena)
Festa da Conceição da Praia Salvador, Bahia Procissão religiosa em homenagem à Imaculada Conceição Dezembro
Festa do Caju Jaçanã, Rio Grande do Norte Evento de e para agricultores, com shows musicais, escolha de miss e expo frutas Dezembro
Natal Natal, Rio Grande do Norte Festa natalina Dezembro
Natal Luz Gramado, Rio Grande do Sul Festa natalina Dezembro
Sonho de Natal Canela, Rio Grande do Sul Festa natalina Dezembro
Cavalo Marinho Olinda, Pernambuco Folguedo cênico que homenageia os Três Reis Magos Dezembro (no período natalino)
Festa do Divino Espírito Santo Brasil Evento religioso, com procissões, novenas e missas, além de atividades folclóricas Domingo de Pentecostes (50 dias após a Páscoa)
Procissão do Fogaréu Brasil Procissão religiosa que simboliza a procura e a prisão de Cristo Durante a Páscoa
Folguedo Brasil Festas populares de espírito lúdico em diversas regiões do Brasil. Algumas têm origem religiosa, tanto católica como de cultos africanos, e outras são folclóricas Datas variadas

 

Compartilhar.

Sobre o Colunista:

Bossa Brazil Magazine

A Bossa Brazil Magazine, disponível gratuitamente a todos os leitores no Reino Unido, garante que nossos anunciantes sejam beneficiados 100% com o nosso público alvo. Os pontos de distribuição estarão espalhados pelo Reino Unido, incluindo estabelecimentos brasileiros, bares e restaurantes, centros culturais, escolas, cinemas, teatros, festivais e muito mais...

Deixar Mensagem