Jiu-Jitsu Brasileiro em Londres: a moda pegou

0

Toque brasileiro também nas artes marciais

O Jiu-Jitsu é uma arte marcial de origem incerta. A tradução das palavras Jiu-Jitsu é “arte versátil, suave”. No Jiu-Jitsu usa-se a força e o peso do adversário contra ele, sendo permitido, inclusive, lançar o adversário em queda. São utilizados golpes traumáticos e de defesa pessoal. Porém, a principal característica da modalidade são os golpes que buscam imobilizar e neutralizar o adversário, através de golpes de articulação, como estrangulamentos e torções das articulações, como braço, tornozelo etc.

Não há um consenso entre historiadores quanto à origem do Jiu-Jitsu. A versão mais difundida é a de que teve origem no Japão. Outra versão, muito mais complexa, diz que a luta surgiu na Índia, onde era praticada por monges budistas. Segundo essa versão, o Jiu-Jitsu foi levado então para a China, e depois para o Japão, por intermédio da expansão do próprio budismo. A terceira versão defende que o Jiu-Jitsu originou-se na China.

Já a origem do Jiu-Jitsu no Brasil não é motivo de desacordo: foi levado em 1915, pelo japonês Esai Maeda Koma, ou, como ficou conhecido, Conde Koma.

Em 1916, esse japonês conheceu Gastão Gracie, que se tornou um entusiasta da luta. Gastão, então, levou o mais velho de seus oito filhos, Carlos Gracie, na época com 15 anos, para aprender a arte com Koma.

Carlos assumiu a profissão de lutador e professor de Jiu-Jitsu, e, aos 19 anos mudou-se com a família para o Rio de Janeiro e em 1925 abriu a primeira Academia Gracie de Jiu-Jitsu.

Os Gracie criaram o Jiu-Jitsu Brasileiro, sendo que a maior diferença para o tradicional, é o fato de que os japoneses privilegiam as quedas, enquanto a técnica dos Gracie privilegia as lutas no chão.

Atualmente, o Jiu-Jitsu Brasileiro é mais difundido que o original japonês, sendo, inclusive, exportado para o Japão e para o resto do mundo.

Quanto aos benefícios que essa atividade pode trazer poderíamos listar inúmeras vantagens, e apenas para citar algumas: perda de peso e um corpo sarado; livrar-se do stress ao gastar energia com uma atividade física contagiante e aprender a se defender.

Se você também quer usufruir de todos esses benefícios, saiba que não está sozinho em Londres, onde o Jiu-Jitsu Brasileiro tem conquistado muitos adeptos. Existem diversas academias especializadas, inclusive algumas da família Gracie.

Compartilhar.

Sobre o Colunista:

BBMag Bossa Brazil Magazine

BBMAG Bossa Brazil Magazine is the only London-based bilingual publication specialised in Brazilian lifestyle.

Deixar Mensagem