Hábitos Financeiros – Organize suas finanças

0

Assunto que interessa a pessoas de todas as idades, a finança pessoal é uma preocupação essencial de quem deseja ter uma vida saudável e equilibrada. Se você quer atingir sucesso nesta área, saiba que não é difícil. Basta ter força de vontade e persistência para adquirir novos hábitos financeiros e passar a ter o costume de cuidar do dinheiro de forma consciente e pensando no futuro.

Confira agora as melhores dicas de finanças pessoais:

 

  1. TENHA UMA FERRAMENTA DE CONTROLE FINANCEIRO PESSOAL

Controlar os gastos e saber exatamente para onde seu dinheiro está indo é um passo fundamental para manter suas finanças pessoais em dia e uma das dicas mais importantes. Há diversas ferramentas disponíveis para auxiliá-lo nesta tarefa. A mais comum delas é a planilha de controle de gastos.

Um modelo em Excel pode ajudá-lo a registrar as receitas, despesas e suas respectivas categorias. Apesar de acessível, o modelo exige atualização permanente para que nenhum gasto fique de fora.

Existem vários aplicativos gratuitos para o controle mensal de suas finanças.

  1. USE A MELHOR DAS DICAS DE FINANÇAS PESSOAIS

A regra dos 50-15-35 defende que a renda deve ser dividida em metas de gastos. Você deve destinar 50% das suas receitas para os gastos essenciais, como aluguel; condomínio; contas de luz, água, gás; mensalidade da escola, plano de saúde, etc.

 

O equivalente a 15% da renda vai para as prioridades financeiras. Se você tem dívidas, este valor é destinado para quitá-las. Caso esteja em dia com suas obrigações guarde os 15% em uma poupança, fundo de renda fixa ou outro tipo de investimento.

Os 35% restantes serão usados para manter o seu estilo de vida: lazer, academia, cuidados pessoais, etc.

  1. RENEGOCIE AS DÍVIDAS ANTES DE GUARDAR DINHEIRO

Esta deve ser sua primeira prioridade financeira. Antes de começar a poupar, é importante saber quais são suas dívidas, o valor e procurar seus credores para renegociar o pagamento. Lembre-se de fechar um acordo que você efetivamente possa cumprir. Aqui na Inglaterra existem vários recursos dos quais você pode se beneficiar e até mesmo congelar os juros.

  1. CRIE UMA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Todo mundo, em algum momento da vida, tem uma emergência financeira: um carro quebrado, um gasto grande com remédios, material escolar que não estava previsto na lista… Para lidar com estas despesas inesperadas sem ter que fazer um rombo na conta corrente conte com um fundo de emergência. Poupe um pouco todo mês até chegar à quantia equivalente de três a seis meses da sua renda mensal.

  1. APOSENTE O CARTÃO DE CRÉDITO

Não há como negar que o cartão de crédito, muitas vezes, é uma mão na roda. No entanto, há pessoas que não sabem como lidar com o dinheiro de plástico. Resultado: perdem o controle dos gastos e estouram seu orçamento. Pelo bem das suas finanças pessoais, aposente seu cartão e adote o pagamento à vista. Além de conseguir pleitear descontos, você tem noção do dinheiro que está saindo da sua conta.

Compartilhar.

Sobre o Colunista:

Bianca Lupoli Edwards

Bianca é uma sul-mato-grossense feliz da vida, que ama viajar, curte rock, blues, bossa nova & fotografia. Está sempre antenada em economia, finanças, insolvência e é fascinada pelo mundo mágico das relações públicas e da ciência da criminologia.

Deixar Mensagem