As refrescantes paisagens do Vêneto 

0

Passar o verão Vêneto é ter um sem fim de opções em uma das mais belas regiões italianas. Acompanhe trilhas de bicicleta, rotas de vinho, visite cidades lendárias e aproveite! 

Nem só de águas termais e estações de esqui vive essa fantástica região; em tempos mais quentes, há várias atividades que um turista pode fazer como visitar pontos turísticos, andar de bicicleta e fazer piqueniques com cenários dignos de filme. 

Para os apaixonados por vinhos uma opção imperdível é a Rota do Prosecco, onde, dizem, o método de vinificação (processo de transformação da uva para o vinho) foi realizado pela primeira vez.  

As cidades de Treviso, Veneza, Vicenza, Pádua e Belluno são lugares belíssimos e super interessantes, cada uma com seu pedacinho de história. 

E, por falar em fragmentos da história, que tal fazer uma visita a todos os Patrimônios da Humanidade da UNESCO presentes no Vêneto? Há a Laguna de Veneza e as fortificações militares na mesma região, a cidade de Pádua com suas Villas Palladianas e seu Jardim Botânico, a cidade de Verona e, perto dos Alpes, as palafitas e a cordilheira das Dolomitas, uma das mais belas visões montanhosas do mundo. 

Uma das escolhas perfeitas de ciclismo para aqueles que procuram uma experiência única é a Lagoa de Veneza, pois a rota combina paisagens e cultura. A excursão visa um lado diferente de Veneza para fugir da agitação da cidade. Os passeios de bicicleta duram cerca de 4 horas e são ótimos para quem quer sentir o vento no rosto, mesmo usando máscara. 

Por falar em esportes, há a possibilidade de passar as férias jogando golfe nos excelentes campos espalhados pela região, desde o interior até a costa. Você poderá treinar a modalidade nos mesmos lugares em que treinou o grande campeão Matteo Manassero, além de poder ver os prêmios expostos assinados por campeões italianos do mais alto calibre. Não é preciso mencionar que as paisagens deslumbrantes fazem parte dessa vida, não é? 

Como se não bastasse, você pode levar o amor da sua vida em todos estes passeios. Afinal, uma lua de mel em pleno verão italiano, sob o sol de Veneza, é uma ótima pedida, ainda mais acompanhada de um pouco de vinho da melhor qualidade. Isso, claro, sem falar nos pontos turísticos que envolvem arquitetura, história e cultura da região. 

Há oásis e belos jardins espalhados pela região do Vêneto, como os jardins Giusti, Pojega, Sigurtà, todos em Verona; Alessandro Rossi, em Vicenza; Villa Barbarigo, em Valsanzibio; Lorenzoni e Sbarai, em Belluno; Rosolina, em Rovigo; Villa Giustiniani, em Vanzo; e os oásis de Ca’mello (Rovigo), Cervara (Treviso) e do Vale Averto (Campagna Lupia). Combinam maravilhas arquitetônicas com fauna e flora exóticas, repletas de espécies interessantes e pouco conhecidas, principalmente para os latinos. 

Para quem gosta de um pouco de aventura misturada com passeios pela natureza, a região do Vêneto tem pontes suspensas que permitem ao turista observar o que há de melhor na natureza. São elas: a Ponte de Avis em Valli del Pasubio, em Vicenza; as pontes suspensas sobre o Val Montina, em Perarolo di Cadore e a de Igne di Longarone, ambas em Belluno; a ponte suspensa do Crero di Torri del Benaco em Verona; a de Vaio dell’Orsa, em Brentino Belluno, Verona; e também em Verona, a ponte Della Val Sorda.  

Por último, também se pode fazer passeios a pé por locais muito atrativos, como o caminho das Dolomitas, onde se avista a cordilheira que mais parece uma pintura, seguir os caminhos originais dos peregrinos que se deslocaram a Roma na época medieval ou refazer os passos de Santo Antônio quando ele foi converter as cidades do norte da Itália. 

Compartilhar.

Sobre o Colunista:

BBMag Bossa Brazil Magazine

BBMAG Bossa Brazil Magazine is the only London-based bilingual publication specialised in Brazilian lifestyle.