Estações termais na Itália

0

Para o turista que procura relaxamento, bem-estar e saúde, as milenares termas naturais na Itália são um must 

 

Seja para se desconectar do ritmo frenético da vida moderna ou usufruir dos benefícios das águas para a saúde, essas verdadeiras “minas de bem-estar” com acesso gratuito estão espalhadas de norte a sul e merecem uma visita.

Aproveitar as excepcionais qualidades dessas águas remonta à Antiguidade, desde  etruscos e romanos, mas os balneários só começaram a ter mais visibilidade nos finais do século 19 e princípios do século 20, quando a aristocracia italiana fez com que os banhos termais se transformassem em um hábito. Atualmente existe um turismo específico voltado aos centros termais, sendo a hidroterapia ligada aos cuidados com o corpo uma das melhores maneiras de trazer benefícios para a saúde.

Mas o que são essas tão faladas estações de águas termais? Muito simples: são complexos de águas com propriedades terapêuticas, desde jatos de água, vapor, banho de imersão ou, em alguns casos, de ingestão da própria água. O fluxo de calor subterrâneo chega à superfície com temperaturas muito altas, fazendo com que suas águas ou lodo tragam minerais e substâncias com propriedades que melhoram problemas dermatológicos, artríticos, reumáticos, e diversas outras patologias como complicações respiratórias. 

A infraestrutura de Spas com foco nos benefícios das águas termais e a divulgação das termas naturais públicas fez com que a Itália se transformasse em um centro receptor de turistas que buscam saúde ou simplesmente relaxamento. Luxuosas estruturas hoteleiras oferecem, além dos benefícios para a saúde, uma infinidade de cuidados adicionais como massagens relaxantes ou terapêuticas, e uma alimentação voltada para o equilíbrio entre o corpo, a mente e o espírito durante a estadia.

A Toscana é uma região termal por excelência e suas águas de propriedades terapêuticas são conhecidas internacionalmente. As termas de Saturnia, San Filippo e Montecatini estão entre as mais famosas. 

Na região do Vêneto as termas com propriedades terapêuticas são abundantes e reconhecidas: Termas Abano em Pádova, Termas de Sirmione, no Lago de Garda, Termas Battaglia, Termas Galzignano, Lido di Jesolo, Lido di Venezia, Termas Montegrotto e Termas Recoaro. Todas com excelente infraestrutura e serviços de atenção de alta qualidade aos turistas em uma das mais belas zonas da Itália.

Lembre-se que alguns desses locais possuem alta concentração de metais e minerais e é necessário considerar alguns cuidados (como gravidez, problemas cutâneos ou respiratórios graves) e respeitar algumas regras, que variam de acordo ao local específico. Pergunte no seu hotel o que você precisa saber e deve seguir para tirar o máximo de proveito dessa experiência única. 

Já que podem ser encontrados por toda a Itália, dos Alpes à Sicília, os centros termais  apresentam configurações diferentes e propriedades medicinais ou terapêuticas distintas, mas, geralmente, as cidades que os rodeiam estão preparadas para receber a todos os interessados não somente nas infinitas belezas naturais  ou na sua história, arte e gastronomia, mas também em conseguir melhorias notáveis em sua saúde. Como já diz o antigo ditado: “mente sã, corpo são”.

Compartilhar.

Sobre o Colunista:

BBMag Bossa Brazil Magazine

BBMAG Bossa Brazil Magazine is the only London-based bilingual publication specialised in Brazilian lifestyle.

Deixar Mensagem