Lu Berry: Velouté de ervilha

0

Essa receita é super rápida e vem da minha escola Cordon Bleu.

 

No frio do inverno londrino a melhor comidinha para aquecer, com certeza, é uma sopa! Na volta do trabalho para casa, normalmente todo mundo se pergunta: e o que eu vou fazer para jantar? Às vezes dá uma preguiça imensa e acabamos comprando algo pronto na loja da esquina.

Essa receita é, além de prática, deliciosa! E em 10 minutos está pronta!

Quando faço demonstrações de receitas em eventos, percebo que se fizer uma receita prática, a maioria das pessoas tem vontade de tentar em casa, mas se faço uma que precisa de batedeira, processador, panela, forno… Esquece, quase ninguém faz a receita. Então, por essa falta de tempo dos dias corridos, a praticidade é a solução!

Quase todo mundo tem um pacote de ervilhas no congelador, então tire-o de lá porque hoje a receita é vegetariana e super deliciosa.

 

Velouté de ervilha

Velouté, na cozinha francesa, é considerada a
“mãe dos molhos”. É a base de vários molhos que surgiram a partir dele. Ele começa com um roux (farinha de trigo e manteiga) e caldo de frango ou peixe ou legumes ou porco. O bechamel, por exemplo, é um velouté com leite.

Esse creme/sopa eu gosto de chamar de velouté porque a textura é bem aveludada mesmo (e fica mais chique, rs).

Vamos lá para a nossa mega-rápida receita!

 

Ingredientes (para 4 pessoas)

• 500g de ervilha congelada
• 1 cebola branca
• 2 dentes de alho
• 50g de manteiga
• 200 ml de leite
• 200 ml de creme de leite
• Sal e pimenta a gosto

 

Preparo

1. Corte a cebola em cubos pequenos. Não precisa ser perfeito porque você vai bater no liquidificador.
Descasque o alho e amasse.

2. Coloque a manteiga na panela e acrescente a cebola, refogando um pouco. Adicione o alho refogue e coloque as ervilhas. Deixar refogar por uns 2 minutos e colocar o leite. Cozinhe por uns 3 minutos. Incorporar sal e pimenta do reino.

3. Retire da panela, colocando direto no liquidificador com leite e tudo. Bata bem e acrescente o creme de leite aos poucos. Quando bater tudo, desligue e prove. Se precisar, ajuste o sal ou a pimenta e bata mais um pouco. Eu não gosto de passar na peneira porque adoro uma textura no creme, mas se você quiser, pode passar! Pronto! Se tiver um pãozinho ao lado com manteiga, o jantar está completo.

 

Você pode fazer essa receita também com abóbora, mandioquinha, abobrinha… É só cozinhar os legumes primeiro.

Usa a imaginação e crie outras receitas diferentes. Passa lá no meu Instagram @lucianaberry e me diz se fez a receita e gostou.

Compartilhar.

Sobre o Colunista:

BBMag Bossa Brazil Magazine

BBMAG Bossa Brazil Magazine is the only London-based bilingual publication specialised in Brazilian lifestyle.

Deixar Mensagem