Festas Juninas

0

As Festas Juninas, celebradas no Brasil desde o século 17, são a maior festividade brasileira depois do Carnaval

Apesar de ter suas origens no culto aos deuses pagãos, a festa recebeu muitas influências da Igreja Católica e, atualmente, ela é totalmente dedicada a Santo Antônio, São João e São Pedro. As maiores festas juninas ocorrem no Nordeste brasileiro, com elementos próprios de cada Estado, tradições sertanejas, comidas típicas, danças e enfeites, mesclados com nossas heranças culturais africanas, europeias e indígenas.

Uma característica marcante dos festejos é a culinária, baseada no típico produto usado para o preparo das “delícias juninas”, o milho. Com ele são preparados curau, bolo de milho, canjica, pamonha, entre muitos outros. Mas também é comum saborear pé de moleque, cachorro-quente, quentão (bebida feita com gengibre, canela e pinga) ou maçã do amor enquanto se aprecia a apresentação de uma quadrilha ou no intervalo de jogos como pescaria, pau-de-sebo, correio elegante e a dança de fitas (esta com provável origem na Península Ibérica).

Muitos dos instrumentos usados para animar as festas, como cavaquinho, sanfona, triângulo e reco-reco estão na base da música popular e folclórica portuguesa e foram trazidos ao Brasil pelos povoadores e imigrantes.

Outra tradição, também relacionada com as homenagens aos santos, é fazer simpatias e promessas para eles, para conseguir marido, atrair boa sorte e emprego ou afastar a inveja.

Com muitas bandeirinhas decorando e colorindo a festa, fogos artificiais, fogueiras, balões, mulheres com seus vestidos de chita e chapéu de palha para os homens, participar de uma Festa Junina brasileira é uma experiência inesquecível!

 

By-Por BBMag

Compartilhar.

Sobre o Colunista:

BBMag Bossa Brazil Magazine

BBMAG Bossa Brazil Magazine is the only London-based bilingual publication specialised in Brazilian lifestyle.

Deixar Mensagem