Foz do Iguaçu

0

As paisagens exuberantes, a biodiversidade e o encanto de Foz do Iguaçu fazem com que o destino figure entre um dos preferidos de turistas de todo o mundo

Quando se pensa em Foz do Iguaçu, a primeira imagem que vem à mente é a das Cataratas do Iguaçu e suas cerca de 275 quedas da água, criando uma paisagem de tirar o fôlego. Formadas pelo rio Iguaçu, em uma região de fronteira (Brasil e Argentina), a vazão e a altura das quedas chamam atenção – o paredão mais alto por onde percorrem as águas tem mais de 80 metros de altura.

Mas seja para quem tem um espírito aventureiro ou para o casal apaixonado em lua de mel, o destino conta com diversos atrativos, além de uma rede hoteleira completa para quem viaja. A primeira dica para quem está indo a Foz pela primeira vez, é: não passeie só pelo básico. Opções não faltam para uma viagem incrível.

No Iguassu Secret Falls, por exemplo, o visitante percorre trilhas em meio à mata que levam até cachoeiras pouco exploradas. O passeio pode ser feito a pé ou de bicicleta e é sempre acompanhado por guia.

O Parque das Aves é outra atração que não pode ficar de fora. Além dos seus grandes viveiros, o local permite dois outros tipos de passeios. Enquanto o Backstage Experience permite visitar o atrativo por dentro e alimentar algumas aves que habitam o parque, o Forest Experience convida a vivenciar a experiência de uma tribo Guarani. Em meio à Mata Atlântica, à noite, ao redor de uma fogueira, os índios apresentam elementos de sua cultura: músicas, danças, o cerimonial do tabaco e outros rituais acompanhados de um jantar exótico.

Esses povos, que habitam a fronteira há mais de 700 anos, têm marcas culturais significativas na atualidade. As terras onde ficam as Cataratas guardam essa tradição de onde, inclusive, surgiu o nome Iguaçu – ou água grande.

E por falar em cultura, o City Tour é um passeio que leva o visitante a conhecer como a cidade começou, passando por prédios e avenidas históricas, e com paradas no Marco das Três Fronteiras — que reúne a história do povo jesuíta na região —, na Mesquita Muçulmana, (templo da comunidade árabe de Foz), e no Templo Budista.

Agora, já pensou em conhecer Itaipu Binacional do alto? No Skydive Foz, o turista salta de paraquedas de uma altura entre 9 e 10 mil pés e tem uma visão panorâmica da tríplice fronteira.

Mais do que um destino apaixonante, Foz é perfeita para os apaixonados. Viver a lua de mel na cidade é selar o amor. Os resorts da cidade oferecem comodidade e diversão para quem viaja a dois.

E para quem visita com a família, não faltam atrativos. Enquanto os pais aproveitam para conhecer a Itaipu Binacional internamente, o passeio Itaipu Kids propõe aos pequenos muito conhecimento de uma forma lúdica. Já o Dreamland é um complexo que reúne várias atrações, como o Museu de Cera, Vale dos Dinossauros, Maravilhas do Mundo e Bar de Gelo. O local ainda receberá, em breve, o museu Harley Davidson. Imperdível!

 

Um espetáculo da natureza

Claro que o principal atrativo turístico da cidade também tem suas particularidades. As Cataratas do Iguaçu podem ser visitadas tanto pelo lado brasileiro quanto pelo argentino. O ideal é que seja feita dos dois lados, pois as visões se complementam.

No lado do Brasil, os visitantes percorrem uma trilha de 1,5 km, um percurso com abundantes plantas, aves e outros animais e cada uma das quedas, até chegar ao ponto alto do passeio: uma passarela que leva até à “Garganta do Diabo”, a principal queda d’água. Também há trilhas em meio à Mata Atlântica que proporcionam um contato mais próximo com a natureza.

Pelo lado argentino, há três possibilidades de roteiro: circuito superior ou inferior e a trilha Garganta do Diabo. Cada um permite uma vista diferente das Cataratas. Os percursos têm 600 metros de comprimento, para o superior; 1.600 metros para o inferior; e 1 km para a trilha da Garganta do Diabo. Em ambos os caminhos, sinta e veja detalhes da vegetação, dos pássaros, borboletas e demais animais do Parque Nacional do Iguaçu.

Outra maneira incrível de vivenciar a experiência nas Cataratas do lado argentino é o passeio nas noites de lua cheia. A atração noturna oferece um tipo de experiência sensorial — é possível ouvir melhor o “barulho da natureza”: os animais e os sons das quedas. Além disso, à noite, um arco-íris prateado se forma entre os saltos.

 

Paisagens fotogênicas

As Cataratas são o cenário ideal para fotos. Isso porque o sol nasce atrás da Garganta do Diabo e passa sobre as Cataratas, proporcionando uma visão incrível ao longo de todo o dia. A luz é branda e muito boa durante as primeiras horas da manhã. No final da tarde, é a vez do sol inundar de luz o lado brasileiro das quedas.

O pôr do sol também é um convite para os pássaros começarem a pensar em ir para seus ninhos, uma boa hora para ver e fotografar tucanos, gralhas e outras aves que parecem brincar entre as árvores.

 

Três países em uma viagem só

Localizada na divisa entre Brasil, Paraguai e Argentina, não é só Foz do Iguaçu que oferece passeios incríveis. Quem visita a cidade também pode aproveitar e dar uma passadinha por Ciudad del Este (PY) e Puerto Iguazú (ARG), que oferecem boas opções.

Atravessando a Ponte Internacional da Amizade, lojas e barracas formam um grande shopping a céu aberto que tornam a cidade paraguaia perfeita para compras. Há, ainda, opções de passeios históricos e até mesmo um atrativo que lembra bem as Cataratas do Iguaçu: os Saltos del Monday.

Já na Argentina, a melhor opção de visita é noturna, pelos cassinos e restaurantes locais que promovem uma imersão na gastronomia do país, além do Duty Free Shop, com produtos e valores especiais. O Casino Iguazú tem uma das maiores salas de jogos da América do Sul e conta com opções além de mesas e máquinas para apostas, como um bar com um vasto menu de pratos e bebidas preparadas por chefs e bartenders renomados.

 

Hospedagens, das simples às mais luxuosas

Um bom descanso também é importante para enfrentar o turbilhão de emoções que Foz do Iguaçu propõe. Para isso, a cidade está mais que preparada, oferecendo inúmeros hotéis para todos os públicos. Desde hotéis dos mais luxuosos, com vista frontal para as cataratas, até os que permitem um contato mais direto com a natureza, tanto no lado brasileiro quanto no argentino.

As inúmeras opções de passeios e a magnífica natureza do seu entorno fazem com que Foz do Iguaçu seja um destino que, definitivamente, não pode deixar de ser conhecido!

Compartilhar.

Sobre o Colunista:

Eduardo Diniz de Lima

Concluindo a graduação em Jornalismo, Eduardo é um apaixonado por comunicação e turismo. Com 22 anos, vividos quase que por inteiros em Foz do Iguaçu, no Brasil, é um sonhador para descobrir o mundo. Com passagem por assessoria de imprensa e empresa na área de comunicação e marketing, está sempre em busca de novos desafios e oportunidades de aprendizado.

Deixar Mensagem