The Manhattan Transfer em Londres

0

O lendário quarteto vencedor de múltiplos prêmios The Manhattan Transfer se apresenta em Londres nos dias 20 e 21 de maio

O Manhattan Transfer é um grupo americano de vocal harmônico formado em 1969 pelo falecido músico Tim Hauser. O grupo, formado por Hauser, Laurel Massé, Janis Siegel e Alan Paul conquistou reconhecimento na cena musical do Reino Unido durante a década de 70 e, em 1981, se tornou o primeiro conjunto a ganhar, no mesmo ano, o Grammy nas categorias pop e jazz. Seu estilo engloba, ainda, os gêneros a cappella, swing, jazz brasileiro, blues e variedades de música pop.

É difícil esquecer alguns dos maiores sucessos do grupo, como “Chanson D” Amour”, “Don’t Let Go”, “Walk in Love”, “On a Little Street in Singapore”, “Twilight Zone/Twilight Tone” e “Spice of Life”. Atualmente, com poucas mudanças na formação, o conjunto tem como membros Janis Siegel (alto), Alan Paul (tenor), Cheryl Bentyne (soprano) e Trist Curless, ex-membro do m-pact, um grupo a cappella da cidade de Los Angeles. O Manhattan Transfer tem um trabalho de mais de quarenta anos e já recebeu 10 prêmios de 20 indicações no Grammy, além de ter sido nomeado para o Hall da Fama dos Grupos Vocais.

Em 1974 o conjunto passou a se apresentar regularmente em clubes de Nova York. Dentre eles, podemos citar o Trude Heller’s, Mercer Arts Center, Max’s Kansas City e o Club 82. No final daquele ano, já eram considerados uma das principais atrações musicais da cidade. A fama fez com que eles assinassem com a gravadora Atlantic Records e lançassem, no ano seguinte, seu primeiro álbum, The Manhattan Transfer.

Poucos anos depois, em 1979, o grupo lançou o álbum Extension, cuja música ‘Twilight Zone/Twilight Tone’ fez bastante sucesso. Além dela, a regravação de ‘Birdland’, famosa música da banda de jazz Weather Report, ficou conhecida como o hino do conjunto e foi responsável pelos dois primeiros prêmios do The Manhattan Transfer. Em 1981 se tornaram o primeiro grupo a receber dois Grammy em diferentes categorias (pop, com ‘Boy from New York City’ e jazz, com ‘Until I Met You [Corner Pocket]) no mesmo ano.

Em 1985 o álbum Vocalese recebeu 12 indicações ao Grammy, perdendo apenas para Thriller, do Michael Jackson, como álbum com o maior número de indicações num só ano. O próximo álbum, Brasil, lançado em 1987, teve a participação dos músicos Ivan Lins, Milton Nascimento, Djavan e Gilberto Gil. Venceu o Grammy de Melhor Performance Pop por uma dupla ou grupo com vocal.

O conjunto lançou, até hoje, 19 singles e 29 álbuns de estúdio. Suas músicas já foram usadas em séries de televisão e filmes. Além desse sucesso estrondoso ao longo dos anos, já gravaram com renomados artistas internacionais, como Tony Bennett, Bette Midler, Smokey Robinson, Laura Nyro, Phil Collins, B.B. King, Chaka Khan, James Taylor e Frankie Valli.

Com ingressos esgotados em shows pelo mundo inteiro e vendas de discos na casa dos milhões, o Manhattan Transfer continua a trazer o melhor do jazz e dos vocais melódicos para o público, com fãs de todas as gerações.

 

Onde: Alexandra Palace, Palace Way London N22 7AY, Tel: 020 8365 2121
Quando: 20 de maio, segunda feira, e 21 de maio, terça feira

Compra de Ingressos: www.alexandrapalace.com/whats-on/ronnie-scotts-presents-manhattan-transfer

 

Para mais informações sobre o Manhattan Transfer, shows etc, acesse o site www.manhattantransfer.net.

Compartilhar.

Sobre o Colunista:

Archie Carmichael

Com mais de 25 anos de experiência na indústria da musica, no Reino Unido e no exterior, Archie agora trabalha especificamente com shows ao vivo e a produção de festivais internacionais. Archie, um britânico de Londres, atua como consultor musical e conselheiro de LEEE JOHN, cantor-líder dos anos 80 do multi premiado grupo de soul britânico e é também um grande fã das coisas brasileiras.

Deixar Mensagem