Sangria: deliciosa e refrescante 

0

Passos simples e rápidos para fazer uma sangria e apreciar com os amigos 

Nascida no sul da região Ibérica, Andaluzia, esse drinque tão aclamado nasceu tendo como base o vinho tinto seco. Muitas receitas foram criadas desde então, mas a tradição surgiu e foi popularizada pela cultura espanhola em meados do século 18 como representação e símbolo do “Sangre del Toro”, sinônimo comemorativo das festas tradicionais do país.  

Há quem diga, contudo, que sua origem remete a tempos mais antigos, quando gregos e romanos festejam e misturavam vinho, açúcar e especiarias com o nome de “Hippocras” – ou uma espécie de Mulled wine, como se conhece na Inglaterra. Internacionalmente, seu auge foi quando se popularizou nos EUA em meados de 1964 na World’s Fair, em Nova Iorque, por Alberto Heras. 

Hoje em dia o drinque ganhou personalidade e segue, pela lei europeia, algumas regras características como um menor teor de álcool por volume não excedendo os 12%. 

A dica importante aqui é o vinho da receita que, preferivelmente, deve ser frutado, seco, ligeiramente ácido e com baixo teor de taninos. Sugerimos um Rioja ou um Tempranillo. Basicamente, ele irá complementar a essência fresca e frutada da sangria. 

 

Ingredientes 

1-Pique frutas tradicionais do seu gosto. Em geral, a maçã, a laranja e o limão funcionam bem. Corte em pequenos pedaços e certifique-se de deixar as cascas e adicioná-las na jarra ao final 

2- Misture tudo e despeje o vinho. Em seguida, mexa até que ganhe consistência. Se quiser pode adicionar um toque do seu brandy favorito. 

3- Refrigere: leve à geladeira por algumas horas para homogeneizar a mistura. 

4- Sirva em copos individuais com gelo e complete com água com gás até cobrir tudo. Se quiser um toque mais doce pode usar soft drink de limão. 

5- Brinde e aprecie. Essa é uma bebida para ser compartilhada e por isso é feita e servida em uma jarra. 

Compartilhar.

Sobre o Colunista:

Hugo Tolomei

Economista, especialista do mercado de bebidas, fundador da House of Cachaça, além de dirigir a IMC Drinks, empresa que promove o desenvolvimento de bebidas brasileiras no exterior.