Receitas

Bebida típica das Festas Juninas, o quentão pode ser feito com cachaça ou vinho O quentão é uma bebida quente, tradicionalmente servida durante as  festas juninas no Brasil. Também se costuma tomá-la até finais de agosto, para ajudar a aquecer o corpo nas frias noites do inverno brasileiro, principalmente no Sul do país. O quentão feito com cachaça é mais comum nas regiões Sudeste e Nordeste, que possuem grandes produções canavieiras. Já a preparação com vinho é típica do Sul, onde encontramos os melhores vinhedos do país. A bebida agrada tanto que decidimos que você também precisar provar. Anote as duas receitas, com cachaça…

Compartilhar.

Uma bebida à base de cachaça que foi muito popular no Brasil até a década de 70 e que, ultimamente, tem voltado a fazer sucesso em bares, restaurantes e festas: a batida A batida é uma bebida de sabor suave e bastante doce, o que faz com que ela se torne perigosa, pois você não vai perceber que está bebendo toda aquela cachaça! Preparar uma batida é muito simples. Você vai precisar dos seguintes ingredientes, em quantidades iguais: cachaça, leite condensado, fruta e gelo. Esses ingredientes serão colocados em um liquidificador e batidos (daí o nome) até que a bebida…

Compartilhar.

Com a chegada de dezembro, o cheirinho natalino se aproxima e os ingredientes ficam espalhados nas prateleiras das feiras e supermercados. Para colocar tudo junto, às vezes, é preciso botar a criatividade para funcionar e saber o que vai bem com o quê. A rabanada é muito tradicional no Natal do Brasil, mas, muitas vezes, fica tão sem graça quando simplesmente é colocada em mais um prato na mesa Natalina, que passa despercebida e muita gente não dá tanta importância. Resolvi elevar o nível da nossa rabanada com ingredientes da estação daqui de Londres. Figo, nozes, os cinco temperos chineses…

Compartilhar.

Receita Peru Suculento Com a chegada do Natal e as festas de final de ano, o velho e bom peru retorna à mesa depois de um longo ano afastado. No Brasil, ele é umas das estrelas da ceia natalina, ao lado dos mais diversos acompanhamentos: farofa, frutas em calda, fios de ovos, saladas e arroz com passas. Várias pessoas me perguntam como fazer para que o peru não fique seco. A resposta é simples: o peru deve ser regado a cada 20 minutos com o líquido da assadeira e também sugiro a compra de um termômetro culinário. Você pode colocar…

Compartilhar.

Já pensou se alguém juntasse duas das culinárias mais deliciosas do mundo? Pois esse sonho se tornará realidade neste mês de setembro em Londres. O cardápio do evento gastronômico, nomeado “BrazIndian Supper Club”, tem a assinatura dos chefs Luciana Berry, Pratibha e Jorge Baumhauer da Silva. Segundo os organizadores, o conceito criativo é fundir os alimentos tropicais das culinárias do Norte/Nordeste do Brasil – mais especificamente dos estados do Pará e da Bahia – com os exóticos ingredientes e temperos do leste indiano. Confira o cardápio que deixará você já com água na boca: Drink de boas-vindas: Maracujá com gelo,…

Compartilhar.

Para celebrar as Olímpiadas do Rio, nada mais gostoso do que juntar os sabores da comida brasileira e o gostinho de Brasil à mesa. A Chef Luciana Berry trouxe para o coração de Londres todo seu talento, juntamente com Cinnamon Club gGroup, e realizou essa experiência gastronômica no Anise Bar part/Cinnamon Kitchen. Com o menu inspirado nos botecos do Rio, o evento mostrou todo o espírito brasileiro em compartilhar momentos com a família e amigos, ao redor de uma mesa com boa comida e uma deliciosa caipirinha. Foram 3 dias de sucesso garantido! Luciana, juntamente com seu time de experts,…

Compartilhar.

Tipicamente brasileiro, o brigadeiro teve sua origem após a Segunda Guerra Mundial, em 1945, quando o candidato à presidência da República, Eduardo Gomes, cuja patente militar era brigadeiro, tinha fãs assíduas que decidiram organizar festas para angariar fundos e dar mais visibilidade ao candidato. Então, pensaram em criar um doce para vender durante a campanha de Gomes. Mas, por ser a época do pós-guerra, havia escassez de açúcar e leite. A solução foi elaborar um doce com leite condensado misturado com manteiga e chocolate. A receita, batizada de “o doce do brigadeiro”, logo se tornou um sucesso e, a partir…

Compartilhar.

Nascido no Litoral Norte de São Paulo e tendo conhecido mais de 23 países e suas culturas gastronômicas, ele agora foca a sua carreira em projetos culinários regionais no “quintal de casa”. O talentoso chef Eudes Assis é considerado por críticos, jornalistas e gourmets o melhor Chef de cozinha de produtos do mar. Nascido e criado no Litoral Norte de São Paulo, Eudes teve como inspiração e primeira referência dos segredos da culinária, sua mãe, a dona Madalena que, para alimentar seus 14 filhos, costumava secar peixes no varal e estocar carnes em latões de gordura de porco. Sendo o menor dos…

Compartilhar.

O mês de junho é bastante interessante, pois seja no Brasil ou no Reino Unido, ele é de celebrações! O motivo das festas varia de acordo com a tradição de cada país. No Brasil, por exemplo, as festas juninas celebram três santos populares em Portugal, o país que o colonizou: Santo Antonio (13 de junho), São João (24 de junho) e São Pedro (29 de junho). As festas acontecem em espaços chamados ”arraiás” e são montados em escolas, praças, igrejas ou clubes. As bandeirinhas coloridas, balões e a fogueira não podem faltar, assim como as barraquinhas de comidas típicas e…

Compartilhar.

A gente sempre pode tomar sorvete, existe no mundo inteiro, não importa se o país é quente ou frio… E os sabores? Há aqueles mais comuns, que a gente sempre encontra, como chocolate. Mas há sabores também muito diferentes… Entre os mais esquisitos que já encontrei, há uns especiais, como: sorvete de azeite de oliva; de café turco; de açafrão e cardamomo; de romã; de queijo de cabra; de “noodles” com molho de amendoim; de lavanda; de alcaçuz salgado… já encontrei até sorvete de bacalhau com chips feitos de sorvete de batata! Há um de jalapeño que tem uma cor…

Compartilhar.

Não existe nada melhor do que começar o dia com um belo café da manhã! Uma mesa farta, colorida pelas frutas e sucos, cheirosa por causa do pão e café fresquinhos, emoldurada pelas pessoas queridas e de conversas que podem ir de discussões políticas à simples troca de olhares e sorrisos confirmando o prazer do momento Não importa onde e com quem eu esteja, sempre faço questão de tomar café da manhã. Lógico que, na maior parte das vezes, ele é muito mais simples e silencioso do que eu gostaria, mas assim mesmo, não perde sua importância. Entender este deleite começou…

Compartilhar.

O sociólogo e escritor belga Léo Moulin, em seu livro L´Europe à Table – tu es ce que tu manges: introduction a une psychosociologie des pratiques alimentaires, diz que “nós não comemos com os dentes e nós não digerimos com nosso estômago; nós comemos com nosso espírito. (…) Nós comemos nossas lembranças, as mais seguras, temperadas de ritos, que marcam a primeira infância”. Esta afirmação nos inspirou tanto que podemos dizer que foi uma das razões do surgimento da linha de livros sobre culinária na Belaponte – empresa de comunicação intercultural que fundamos na Suécia, país que é nossa segunda…

Compartilhar.

A chef Luciana Berry, semifinalista do Master Chef Profissional UK 2014, nos dá dicas e ensinar suas famosas receitas. Acompanhe! Oi, pessoal! Vai ser um prazer dividir com vocês um pouco da minha culinária e experiências vividas na terra da rainha. Todo mundo que me conhece sabe o orgulho imenso que tenho em ser brasileira. Estou a tanto tempo tentando educar e mostrar um Brasil que os estrangeiros não conhecem muito! Os nossos ingredientes e culinária são o cartão de visita mais exótico e menos explorado. Infelizmente, não temos investimento algum na nossa culinária, então tento, todas as vezes que sou…

Compartilhar.

Muitos pais acham que cozinha não é lugar para criança! Mas envolver seus filhos no preparo das refeições, guloseimas e lanchinhos pode ser uma oportunidade para ensinar muitas coisas, desde a importância de cada alimento, a responsabilidade, o trabalho em equipe, a organização, a higiene e até um pouco de matemática. Se o seu filho se recusa a experimentar certos alimentos, ajudar no preparo das refeições pode ser a solução. As crianças que colaboram na cozinha costumam experimentar o prato que prepararam. Então, faça pratos nutritivos com seu pequeno chef, isso, com certeza, aumentará as chances dele aprender a gostar…

Compartilhar.